CENTRAL DE VENDAS:

4005.9535

* Custo de ligação local

CENTRAL DE ATENDIMENTO:

(16) 2103.3535

05/04/2016 - Dados sobre o 1º timestre deste ano

 

De janeiro a março, o consórcio de veículos leves (automóveis, camionetas e utilitários) apresentou expressiva alta no total de participantes ativos, chegando a 3,22 milhões. O número de contemplações cresceu 9% e o total de crédito concedidos bateu R$ 5,56 bilhões, o que representa, 8,6% a mais que no ano passado.

 

Já o segmento de motocicletas e motonetas encerrou este 1º trimestre do ano com retrações em todos os indicadores. A venda de novas cotas diminuiu 19,4%, o volume de créditos comercializados dimininui 4,2% e o número de contemplações diminui 9,2%. Os números se devem à perda de novas adesões, especialmente nas regiões norte e nordeste, que vinham apresentando forte crescimento, e à redução no número de concessionárias atuando no país, segundo a ABAC.

 

E o segmento de imóveis manteve o crescimento no número de participantes que ficou em 808,5 mil em março de 2016, apesar da desaceleração na procura por novas cotas (-5,6%) e nos créditos comercializados (-7,1%) de janeiro a março. As contemplações registratam alta de 7,5%, e neste período quase 650 trabalhadores-participantes dos grupos de consórcios de imóveis utilizaram parcial ou totalmente seus saldos nas contas do FGTS, totalizando mais de R$ 27 milhões.

 

No geral a ABAC registou uma estabilidade no número de participantes ativos consolidados (consorciados em grupos em andamento), totalizando 7,11 milhões. Retração de 13,5% na venda de novas cotas, retração também no volume de créditos comercializados (-18,1%) e no número de contemplações (-1,6%). O único aumento foi no volume de créditos disponibilizados que de janeiro a março alcançaram a casa do R$ 10,52 bilhões, mostrando um crescimento de 3,2% com relação ao ano de 2015.

 

Fonte: Blog ABAC