CENTRAL DE VENDAS:

4005.9535

* Custo de ligação local

CENTRAL DE ATENDIMENTO:

(16) 2103.3535

12/07/2016 - LEI DO FAROL

O farol baixo era então exigido para todos os veículos somente durante a noite e dentro de túneis. Apenas para as motos o uso das luzes já era obrigatório durante o dia e a noite, em todos os lugares.

 

 

A lei determina o uso apenas nas rodovias, inclusive nas que cruzam cidades. O farol baixo não deve ser confundido com a lanterna, que deve ser usada à noite, quando o carro estiver parado para embarque ou desembarque de pessoas ou carga; e de dia, sob chuva forte, neblina ou cerração.

 

Há ainda o farol alto, que só deve ser usado em locais onde não há iluminação e, ainda assim, precisa ser desativado quando outro veículo vier no sentido contrário.

 

Outra dúvida é quanto ao farol de neblina, que não é aceito como farol baixo e só deve ser usado quando há neblina , chuva forte ou nuvens de poeira. A única exceção é a luz diurna de LED, que alguns carros mais novos têm. Ela poderá ser usada nas estradas, de dia, em vez do farol baixo. À noite não.

E por que dessa nova lei?

 

Segundo o Contran, "o sistema de iluminação é elemento integrante da segurança ativa dos veículos; as cores e as formas dos veículos modernos contribuem para mascará-los no meio ambiente, dificultando a sua visualização a uma distância efetivamente segura para qualquer ação preventiva, mesmo em condições de boa luminosidade".

 

Ou seja, a obrigatoriedade do farol baixo em estradas, mesmo que durante o dia, ajuda os motoristas a identificar outros veículos na via.